Today







Blogs de Cristo



Humor

Discípulo

Meu humor atual - i*Eu!

Jeffs

Meu humor atual - i*Eu!

Luaninha

Meu humor atual - i*Eu!

Smile

Meu humor atual - i*Eu!


Enquete

Na sua opinião, ouvir música secular é pecado?
Não, escuto de tudo!
Não, mas procuro selecionar
Sim, é pecado!
Votar
resultado parcial...


Arquivos

01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005

Blog

Dê uma nota para meu blog

Indique este blog


Votez pour moi sur le site TOP SITES AMOR EM LINKS


Créditos












Olá Pessoal!

Estou aqui para pedir desculpas pela falta de atualização no blog, tenho tido muitos contratempos com a facu entre outras coisas que tomaram todo o meu tempo, mas também estou aqui para dizer que o projeto do site finalmente vai sair do papel, estamos programados para estrear entre os meses de junho e julho, e desde já convido a todos para nos prestigiar com suas ilustres presenças!

E todos aqueles que receberam o convite para participar do site, eu gostaria de dizer que não me esqueci de vocês, logo logo o site estará no ar e enfim iremos começar a trabalhar, gostaria de dizer também que o site tá muito show e que só falta o lugar pra hospedar, mas Deus irá suprir isso também da mesma maneira que me inspirou a fazê-lo, foi maravilhoso cada momento que Deus participou junto comigo na criação deste site e quero dizer desde já que este site pertence a Ele, mas que como sabemos que Ele já tem tantas coisas pra se preocupar, nós iremos cuidar dele pra Ti Jesus! Use-nos neste lugar, precisamos de Ti!

Um grande abraço para todos vocês que sempre vieram aqui no site e acreditam nesse projeto pois é para você que ele vai ser feito, espero que continuem conosco, desde já muito obrigado, Discípulo.



por Discípulo às 20h22
[ ] [ envie esta mensagem ]



Que tipo de flores você gosta?

Leia essa mensagem e semeie flores você também!!!

Um homem morava numa cidade grande e trabalhava numa fábrica.
Todos os dias ele pegava o ônibus das 6:15 horas e viajava cinqüenta minutos até o trabalho. À tardinha, fazia a mesma coisa, voltando para casa.

No ponto seguinte ao que ele subia, entrava uma velhinha, que procurava sempre sentar na janela. Ela abria a bolsa, tirava um pacotinho e passava a viagem toda jogando alguma coisa para fora do ônibus.

Um dia, o homem reparou na cena. Ficou curioso.
No dia seguinte, a mesma coisa, e nos outros dias também.

Certa vez, o homem sentou-se ao lado da velhinha e não resistiu:
- Bom dia, desculpe a curiosidade, mas o que a senhora está jogando pela janela?
- Bom dia - respondeu a velhinha -, jogo sementes...
- Sementes?... Sementes de quê?
- De flor. É que eu viajo neste ônibus todos os dias. Olho para fora e a estrada é tão vazia... Gostaria de poder viajar vendo flores coloridas por todo o caminho... Imagine como seria bom.
- Mas a senhora não vê que as sementes caem no asfalto, são esmagadas pelos pneus dos carros, devoradas pelos passarinhos... A senhora acha que essas flores vão nascer aí, na beira da estrada?
- Acho, meu filho. Mesmo que muitas sejam perdidas, algumas certamente acabam caindo na terra e com o tempo vão brotar.
- Mesmo assim, demoram muito para crescer, precisam de água...
- Ah, eu faço a minha parte. Sempre há dias de chuva. Além disso, apesar da demora, se alguém não jogar as sementes, as flores nunca vão nascer.

Dizendo isso, a velhinha virou-se para a janela aberta e recomeçou o seu "trabalho". O homem desceu logo adiante, achando que a velhinha já estava
meio "caduca".

O tempo passou. Um dia, no mesmo ônibus, sentado à janela, o homem levou um susto... Olhou para fora e viu, na beira da estrada, margaridas, hortênsias azuis, rosas, cravos, dálias... A paisagem estava colorida, perfumada, linda.
O homem lembrou-se da velhinha, procurou-a no ônibus e... nada!
Acabou perguntando por ela para o cobrador, que conhecia todo mundo.
- A velhinha das sementes? Pois é, morreu de pneumonia no mês passado...

O homem voltou para o seu lugar e continuou olhando a paisagem florida pela janela e sentiu uma lágrima correr pelo rosto e um sorrisodesabrochar
em sua face.
"- Quem diria, as flores brotaram mesmo... Mas, pensando bem, de que adiantou
o trabalho da velhinha? A coitada morreu e não pôde ver esta beleza toda pela qual ela fora responsável..." - pensou o homem.

Nesse instante, ele escutou atrás de si uma gostosa risada de criança.
Num banco logo atrás, uma garotinha apontava pela janela, entusiasmada:
- Olha, mamãe... que lindo! Quanta flor pela estrada... Como se chamam aquelas azuis? E as branquinhas?

Então o homem entendeu o que a velhinha tinha feito... Mesmo não estando ali para contemplar as flores que tinha plantado, ela devia estar feliz, afinal, tinha dado um presente maravilhoso para as pessoas.

No dia seguinte, o homem entrou no ônibus, sentou-se numa janela e, com um sorriso maroto nos lábios, tirou um pacotinho do bolso..."

Lembre-se...
- Quem semeia flores procura sempre estar ao lado de uma janela... Janelas ampliam o horizonte.
- Quem semeia flores preocupa-se em melhorar o ambiente onde está.
- Quem semeia flores não tem vergonha de falar sobre o que sente, mesmo que pareça piegas aos olhos dos outros.
- Quem semeia flores é persistente e constante, apesar da demora do surgimento das flores.
- Quem semeia flores não olha para dificuldades e obstáculos.
- Quem semeia flores é apenas parte de um processo, mas sabe que seu papel é importante.
- Quem semeia flores não se importa se vai poder vê-las um dia, desde que quando floresçam, elas alegrem alguém.
- Quem semeia flores contagia quem está por perto e faz "seguidores"...

Fonte: Otimismo em Rede

-----------------------------------------------------------------

Bom galera, estou muito feliz pelo blog estar de volta no ar e também por todos os visitantes que tem nos prestigiado com a sua presença, vocês são 10! Estou também aqui pra dizer que aos poucos eu vou colocando as novidades no blog, melhorando a cada dia, ok? Um grande abraço! Fiquem com Deus!

: Quero Te conhecer - David Quinlan




por Discípulo às 16h47
[ ] [ envie esta mensagem ]



O BOM USO DA IMAGINAÇÃO!!!

Um cachorrinho, perdido na selva, vê um tigre correndo em sua direção.

Pensa rápido, vê uns ossos no chão e se põe a mordê-los.
Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:
- Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!

O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no
caminho vai pensando:
"Que cachorro bravo!
Por pouco não come a mim também!"

Um macaco, que havia visto a cena, sai correndo atrás do tigre e conta
como
ele havia sido enganado.

O tigre, furioso, diz:

- Este Cachorro Vai me pagar!

O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o
macaco montado em suas costas.

"Ah, macaco traidor!
O que faço agora?", pensou o cachorrinho.

Em vez de sair correndo, ele ficou de costas, como se não estivesse vendo
nada. Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz:
- Macaco preguiçoso!
Faz meia hora que eu o mandei me trazer um outro tigre e ele ainda não voltou!

"EM MOMENTOS DE CRISE, SÓ A IMAGINAÇÃO
É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO."

Albert Einstein



por Discípulo às 11h01
[ ] [ envie esta mensagem ]



Quero ser um crente diferente!

Quero ser um crente diferente. Não quero ser conhecido apenas como alguém que "não bebe, não fuma e não joga". Isso é muito pouco. A "geração saúde", que freqüenta as academias e come comida natural, não bebe e não fuma, e nem por isso pode ser chamada de cristã.

Também não me contento em ser chamado de crente por ter um modo diferente de me vestir. Durante muito tempo, no Brasil, a diferença que os crentes queriam mostrar era que eles se vestiam de uma maneira "esquisita", e isso acabou tornando-se motivo de chacota e que em nada engrandecia o Reino Com certeza, usar uma roupa fora de moda, não faz de ninguém um cristão.

Também não me satisfaço com o modelo "gospel" de crente que há hoje em dia. Broche de Jesus, caneta de Jesus, meias de Jesus. Sabe- se lá onde isso vai chegar. Tem muita gente ganhando rios de dinheiro com esses cosméticos para o crente moderno. A grife "JESUS" tem vendido muito. Mas não adianta. Usar toda a parafernália do marketing "gospel" não faz de ninguém um cristão.

Pensei comigo: a moçada evangélica hoje está toda na Internet. E saí à busca de salas de bate-papo de evangélicos. Confesso que tentei inúmeras vezes, mas não consegui. Me adentrava por assuntos importantes e profundos da vida cristã e as respostas eram chavões o tempo todo. Não se pensa, cria ou reflete, só se repete chavão do tipo "ooo glóooooria", "Tá amarrado", "É tremendooo" (??), etc. Definitivamente, repetir chavões a todo o momento não faz de ninguém um cristão.

Quero ser um crente diferente. Que não seja alienado da vida e de seus acontecimentos. Que saiba discutir e entender as questões existenciais, como a dor, a miséria, a sexualidade, a paixão, o amor. Quero ser um crente que não vive acuado, com medo de tudo, vendo o diabo em toda a parte e querendo amarrá-lo a todo momento: Jesus Cristo o derrotou na cruz, ele é um derrotado, e eu não preciso ficar me preocupando com ele 24 horas por dia.

Quero ser um crente que saiba falar de tudo e não apenas de religião, e que tenha, em todas as áreas, discernimento e sabedoria. Quero ser um crente que não tenha uma atitude conformista diante do mundo, do tipo: "Ah, Deus quis assim....", mas que eu seja um agente de transformação nas mãos de Deus.

Que a minha diferença não esteja na roupa, mas na essência: coração bom, olhos bons. Quero ser um crente que cria os filhos com liberdade, apenas corrigindo-lhes, para que cresçam e desabrochem toda a criatividade que Deus lhes deu. Quero ser um crente que vive bem com o seu próximo.

Quero ser reconhecido como um crente pelo que eu "sou" e não por aquilo que "não faço". Quero ser um crente simpático aos outros, agradável, piedoso, que se entristece com a dor do próximo, mas também se alegra com o seu sucesso (já reparou que as pessoas se solidarizam com nossas derrotas, mas poucos manifestam alegria quando vencemos?).

Não quero ter de falar a todo momento que sou crente, para que outros saibam, mas quero viver de tal modo que outros percebam Cristo em mim!




por Discípulo às 21h51
[ ] [ envie esta mensagem ]



A impotância da Comunhão Cristã

A obediência à Palavra é resultado do amor de Jesus, que provém do amor do Pai, e por conseguinte da presença do Pai e do Filho, pela operação do Espírito Santo, na vida do servo consagrado

Atos 2.42 registra um dos pontos mais nobres da vida da Igreja na sua infância e adolescência - sua comunhão: "E perseveravam na doutrina dos Apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações".

Às vezes achamos que o procedimento da Igreja é inocente ou ingênuo, mas essa é a nossa visão hoje. A Igreja Primitiva vivia a pureza que recebera do Senhor Jesus e a base doutrinária dos apóstolos. Vivia em "santo trato de piedade", como diz Pedro. Os novos convertidos eram admitidos no seio do povo de Deus e aprendiam a entrar em comunhão com Deus e com os irmãos em Cristo. Era isso que os diferenciava dos não cristãos. Era o amor de Cristo e de uns para com os outros que os incentivava à comunhão, impulsionados pelo Espírito Santo. Os resultados se fizeram ver em pouco tempo - crescimento extraordinário da Igreja, que alcançou quase todas as classes sociais de então.

A Igreja do Senhor Jesus vivia sob poder espiritual tão grande que não só causou inveja, como impressionou de forma extraordinária pessoas de todas as nações vizinhas, e o Próprio Império Romano.

"Perseveravam na comunhão"! Comunhão é o mesmo propósito, mesmo ideal ou objetivo. É entrelaçamento, é união amorosa ou afetiva. Os cristãos primitivos viviam isso.

A comunhão vem do coração de Deus. É resultante de seu infinito e insondável amor. No cristão ela tem origem no novo nascimento, na regeneração, e contribui para o aperfeiçoamento do caráter do ser humano através da vida em comum dos irmãos adotivos da família de Deus (João 3.3,5,7 e Romanos 8.15-17).

A comunhão é representada muito bem nos elementos materiais da Ceia do Senhor - o pão e o vinho, na sua simbologia de Corpo e Sangue de Cristo (Mateus 26.26-28 e 1 Coríntios 11.23-25).

A comunhão é mantida através da obediência à Palavra de Deus. Esta é a visão do Apóstolo João: "Se andarmos na luz, como na luz Ele está, temos comunhão uns com os outros e o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado", 1 João 1.7.

A obediência à Palavra é resultado do amor de Jesus, que provém do amor do Pai, e por conseguinte da presença do Pai e do Filho, pela operação do Espírito Santo, na vida do servo consagrado (João 14.23). Nasce daí a comunhão com os irmãos ou de uns para com os outros, proporcionando às almas dos fiéis ao Senhor efeitos tão grandes que anulam os danos do pecado, sem deixar lugar para os chamados "pecados encobertos". A comunhão com Deus e com os domésticos na fé produz vitória certa contra o pecado presente e futuro.

A comunhão é mantenedora do amor. Leva-nos a sentir a dor do outro e cooperar com o outro em suas necessidades. É antídoto contra a indiferença. Não permite suspeitar mal, ser desatencioso. Antes torna a pessoa boa confidente. Quem tem comunhão com seu irmão não se opõe a ele por simples capricho, visto que ambos tem o mesmo propósito, o mesmo objetivo. A comunhão é o vínculo da paz; tem aprovação de Deus e é promoção especial do Santo Espírito; traz paz à alma para o relacionamento do ser humano, e é modelo de vida depois da vida terrena, isto é, na Eternidade, nas moradas celestiais.

Devemos ter comunhão com todos os santos, com todos em Cristo e em particular com o cônjuge, filhos, pais, netos e outros. Com os não cristãos, dentro da medida do possível, tenhamos paz (Romanos 12.18).

O grande modelo de comunhão encontramos no ensino de nosso amado Salvador Jesus Cristo, registrado por João: "Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste", João 17.21.

Nossa comunhão, nas palavras do Senhor Jesus, é modelo a ser seguido. É atrativo para os não cristãos. Como discípulo de Jesus, João diz: "Mas, se andarmos na luz, como Ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado", 1 João 1.7.

Se assim vivêssemos, não só acabaríamos com o fantasma do pecado, especialmente o "encoberto", como seria nossa vida o maior atrativo para os não cristãos, e o número de salvos seria milhares de vezes maior e os problemas que enfrentamos, em nível de igreja, de família e sociais, de modo geral, também muitas vezes menor.

Nossa comunhão é com Deus (o Pai), com seu Filho Jesus (1 João 1.3) e com o Espírito Santo (1 Coríntios 13.13).

A figura de comunhão é materializada nos elementos da Ceia do Senhor - pão e vinho como Corpo de Cristo - "isto é o meu corpo, isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, que é derramado por muitos". Compare as palavras de Paulo: "Ora, vós sois o Corpo de Cristo, e seus membros em particular", 1 Coríntios 12.27.

A vontade de Deus é que haja na Igreja tão perfeita integração moral, afetiva e espiritual que "cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo", Efésios 4.13.

Lembremos-nos das palavras do Senhor Jesus, em sua despedida na Terra, nas últimas instruções antes de sua ascensão: "Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim (...) que também eles sejam um em nós", João 17.21a. Com que finalidade? "...para que o mundo creia que tu me enviaste", v21b.

Como vivia a Igreja Primitiva? Lucas responde: "Louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à Igreja aqueles que se haviam de salvar", Atos 2.47. Diz mais o autor de Atos dos Apóstolos: "E era um o coração e a alma da multidão dos que o criam", Atos 4.32.

Como vivem as igrejas chamadas cristãs hoje? Como vivemos nós em nosso relacionamento cristão e familiar?

Por: Anísio Batista Dantas (Pastor, articulista, escritor) [Jesus-br.org]



por Discípulo às 16h19
[ ] [ envie esta mensagem ]



Olá pessoal! Quanto tempo né! Finalmente estamos voltando, a princípio ficaremos nesse blog pois o servidor do site está dando muitos problemas e não estou conseguindo resolvê-los, mas não desistimos ainda e em breve em nome de Jesus seremos Cybergospel.com para a honra e glória do nosso Deus, mas como não podemos parar a obra resolvi montar esse blog. Desculpem-nos pelo tempo que ficamos fora do ar, mas já estamos de volta com a corda toda! Fiquem na paz de Cristo!

por Discípulo às 16h01
[ ] [ envie esta mensagem ]